Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Perseguição Religiosa’

image

Homenagem à criação do Estado de Israel

Eu recebi este texto, intitulado Jair Bolsonaro e os donos do poder – a questão real, e transcrevo a íntegra aos cristãos brasileiros, pois é muito bom e traz algumas interrogações que nós, pessoas que pensam espiritualmente os fatos, temos as respostas. Após o texto, deixo minha consideração.

O texto

“É evidente que a decisão da 1ª Turma do STF de aceitar denúncia contra o Deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) e transformá-lo em réu por suposto crime de “incitação ao estupro” foi uma decisão casuística, dissonante de toda a jurisprudência da Corte e voltada pessoalmente contra o Deputado. Houve um ânimo claro de feri-lo especificamente, de desferir um golpe contra Bolsonaro.

Não é preciso muito esforço para concluir a respeito, mesmo sob ótica estritamente jurídica.

A notícia veiculada no site do STF afirma o seguinte:

O relator, ministro Luiz Fux, entendeu que as declarações do deputado Bolsonaro não têm relação com o exercício do mandato. “O conteúdo não guarda qualquer relação com a função de deputado, portanto não incide a imunidade prevista na Constituição Federal”, disse. Ele acrescentou que, apesar de o Supremo ter entendimento sobre a impossibilidade de responsabilização do parlamentar quanto às palavras proferidas na Câmara dos Deputados, as declarações foram veiculadas também em veículo de imprensa, não incidindo, assim, a imunidade. Observou, ainda, que não importa o fato de o parlamentar estar no gabinete durante a entrevista, uma vez que as declarações se tornaram públicas.

Por que afirmo que não é necessário qualquer esforço para perceber nisto uma decisão casuística e direcionada?

Pelo fato de que, no dia imediatamente anterior (20/06), o STF decidiu um outro processo, uma queixa do Senador Aécio Neves (PSDB-MG) contra a Deputada Jandira Feghali (PcdoB-RJ) e o resultado foi exatamente o oposto. Jandira insinuou em seu Twitter que Aécio era responsável por um helicóptero repleto de drogas que fora apreendido em Afonso Cláudio (ES), em 2013. Em 19 de maio de 2015, ela escreveu: “Aécio, o Brasil precisa saber de um helicóptero repleto de drogas”.

Vejam como o STF decidiu sobre Jandira Feghali, um dia antes de decidir sobre Bolsonaro:

O relator lembrou que a atividade parlamentar não se restringe ao âmbito físico do Congresso Nacional, e que a prática de atos em função do mandato, ainda que fora das Casas Legislativas, está igualmente protegida pela garantia prevista no artigo 53, caput, da Constituição Federal. Ele destacou que o instituto da imunidade parlamentar deve ser interpretado em consonância com a exigência de preservação da independência do congressista. No caso, observou que o comportamento da deputada Jandira mostrou estreita conexão com o desempenho do mandato legislativo.

Em sua decisão, o ministro registrou que o exercício do mandato legitima a invocação dessa prerrogativa jurídica, “destinada a proteger opiniões, palavras e votos do membro do Poder Legislativo, independentemente do lugar em que proferidas as expressões eventualmente ofensivas”. […]

O ministro Celso de Mello destacou, também, que a garantia constitucional protege as entrevistas jornalísticas; a transmissão, para a imprensa, do conteúdo de pronunciamentos ou de relatórios produzidos nas Casas Legislativas; bem assim as declarações veiculadas por intermédio de mass media (meios de comunicação de massa) ou social media (mídias sociais). Isso porque o Supremo tem reafirmado a importância do debate, pela mídia, das questões políticas protagonizadas pelos detentores de mandato, “além de haver corretamente enfatizado a ideia de que as declarações à imprensa constituem o prolongamento natural do exercício das funções parlamentares, desde que se relacionem com estas”.

No caso de Jandira, o parecer da Procuradoria-Geral da República foi pelo arquivamento do caso, com base na imunidade parlamentar. Para Bolsonaro, entretanto, foi a própria PGR que ingressou com a denúncia.

O mesmo STF que absolve Jandira Feghali, que é do PC do B, por insinuar que Aécio Neves teria relação com tráfico de drogas, é o STF que recebe denúncia contra Jair Bolsonaro afirmando que suas palavras não estão protegidas pela imunidade parlamentar.

O mesmo STF que afirma que Jandira Feghali deve ser protegida por suas declarações até quando fala à imprensa é o STF que diz que Jair Bolsonaro não tem direito a esta proteção justamente porque falou à imprensa. Quando um parlamentar fala aos órgãos de mídia, diz a Corte, o faz em “prolongamento natural do exercício do mandato” – só não se o parlamentar foi Jair Bolsonaro, é claro.

Ressalto novamente: existem menos de 24 horas entre as duas decisões. A decisão que absolveu Jandira foi tomada no dia anterior àquela que recebeu denúncia contra Jair Bolsonaro – e os motivos são exatamente os mesmos, só que com sinais invertidos.

Por que os dois pesos e duas medidas do STF?

Porque a decisão é casuística, como disse, e voltada pessoalmente contra Bolsonaro.

CONTRA BOLSONARO, CONTRA A VERDADE DOS FATOS

Há outra razão jurídica para concluirmos facilmente sobre isto.

É que o princípio mais fundamental do Processo Penal é o “princípio da verdade real”, que diz o seguinte: deve ser buscada a verdade dos fatos, aquilo que realmente ocorreu, e não apenas o que parece ter ocorrido; a função punitiva do Estado só deve se voltar contra aquele que realmente cometeu um crime, não contra aquele que parece ter cometido.

Agora, perceba-se o contrassenso: é minimamente razoável que um Deputado conhecido por ser autor de projetos de lei que agravam as penas para estupradores, que propõe até mesmo a castração química do condenado por estupro como condição para progressão do regime, um parlamentar famoso por discursos acalorados contra violadores, contra a impunidade, contra o tratamento manso que se dá aos criminosos – é minimamente razoável que este parlamentar, justo este, tenha resolvido, de repente, incitar o estupro contra alguém?

É minimamente razoável admitir que um Deputado que discutiu com a Sra. Maria do Rosário exatamente porque ela – ela, sim! – estava defendendo um estuprador, o Champinha, enquanto ele condenava veementemente o crime cometido (um fato público, notório, gravado em vídeo e amplamente difundido), tenha, agora, cometido apologia de estupro contra a parlamentar que queria justamente tratamento manso para o estuprador?

A coisa inteira é de um descalabro colossal. Não está de acordo com o princípio da verdade real admitir que Bolsonaro – justo ele! – tenha pretendido incitar o crime de estupro, quando é o principal defensor do endurecimento contra esse crime hoje, em todo o Parlamento – inclusive infinitas vezes mais incisivo contra isso do que a Sra. Maria do Rosário, conhecida por defender os “direitos humanos” dos criminosos, entre os quais o estuprador Champinha, que torturou e estuprou a jovem Liana Bei Friedenbach, reiteradas vezes e por vários dias seguidos, ele e seus comparsas, até assassiná-la com um facão cego, por degola e esfaqueamentos sucessivos.

E justamente a querela originada, deste caso, entre os Deputados Jair Bolsonaro e Maria do Rosário, o primeiro condenando Champinha e a segunda, defendendo-lhe, leva a que o STF receba denúncia contra o primeiro por – pasmem! – apologia do estupro!

É o fim do processo penal e a instauração acachapante do casuísmo como técnica de decisão.

SUPREMO PODER, PODER SUPREMO

Há tempos o STF vem agindo assim. Em sua época recente, o Supremo vem se considerando realmente supremo. Quem poderá questioná-lo? Onde? A quem recorrer?

Na falta de um nome melhor, chamo de “síndrome do ídolo constitucional”: já não vige na Suprema Corte a noção de que ela guarda a Constituição. Ao contrário, o Supremo Tribunal acredita que ele próprio é a Constituição, a Gründnorm de Kelsen realizada, isto é, o fundamento último de todo o ordenamento jurídico, pelo qual todas as outras leis e a própria Constituição devem ser obedecidas. A nação, aparenta, não existirá sem o seu poder supremo de tutela a definir, inclusive contra a mesma Constituição, como a realidade jurídica deve ser – numa negação absoluta da realidade fática. O Supremo se fez um ídolo no altar de seu próprio culto e, dos altos píncaros de seu templo, regerá a vida dos homens todos, dos Poderes outros, com mão de ferro, segundo seus desejos, seu arbítrio, seus fetiches.

O grande problema da forma como o Poder Judiciário está instalado no Brasil é que o Supremo, de fato, concentra uma carga altíssima de poder: ele é o Tribunal Constitucional, mas também é a última instância dos demais processos ordinários e, ainda, a primeira instância dos detentores de foro privilegiado. Há uma mistura de competências que não é benéfica e que, como estamos percebendo, invade ferrenha as cabeças dos magistrados. Do Supremo não há a quem recorrer – e eles sabem disso.

Os espanhóis encontraram uma maneira de minimizar isso: o Judiciário na Espanha, de certo modo, se divide em dois. Há um Tribunal Supremo, que decide questões cíveis, penais e administrativas (as questões ordinárias), e um Tribunal Constitucional, fora da estrutura judiciária comum, que decide apenas as questões constitucionais. Um e outro não se misturam. Quando uma questão constitucional é suscitada na justiça ordinária, o processo é levado ao Tribunal Constitucional, por meio de um instrumento chamado “recurso de amparo”, e a Corte Constitucional decide apenas aquela questão específica e nada mais.

Na Espanha existe um sistema de “freios e contrapesos” dentro do próprio Judiciário. Em suma: há como recorrer do Tribunal Supremo e, de outro lado, o Tribunal Constitucional não é a última palavra em todas as questões.

Indo mais além, os espanhóis implementaram outra medida: para evitar concentração de poder no Tribunal Constitucional, seus juízes têm mandato de 9 anos e as designações são distribuídas por vários órgãos – as duas Casas do Congresso, o Governo executivo e o Consejo General del Poder Judicial, do próprio Judiciário. Não há designação exclusiva, como ocorre no Brasil, com nomeação de Ministros apenas pelo Presidente da República.

Já está mais do que na hora de algo assim ser pensado para o nosso país, sob pena de convivermos com um Tribunal Supremo que exercerá, em direito – porque ele diz o que é o direito, afinal – e em verdade, um poder supremo. Os sinais de arbitrariedade do STF já têm sido muitos para serem simplesmente ignorados. Infelizmente, com um Congresso quase que inteiramente sujeito a se tornar réu no mesmo STF (e, agora, até por crime impossível), é difícil que alguma proposta razoável neste sentido caminhe, por ora.

O PODER QUE MANDA PENSAR

Mas voltemos a Bolsonaro.

Dois últimos pontos precisam ser ditos.

Em primeiro lugar, à luz da própria jurisprudência do Supremo Tribunal Federal e da diferença de tratamento que foi dada a Bolsonaro e a Jandira Feghali, fica evidente que o casuísmo adotado contra o parlamentar do PSC é uma tentativa de igualá-lo aos demais réus do Congresso. Bolsonaro é o único Deputado que, segundo Joaquim Barbosa, não recebeu propina do Mensalão e, nas delações da Lava Jato, é o único parlamentar de seu antigo Partido citado como avesso ao que se praticava no Petrolão.

Da impossibilidade de fazer Bolsonaro réu de crimes que a quase generalidade do Parlamento cometeu, o Supremo foi mais adiante: transformou Bolsonaro em réu de um crime que ele próprio repugna e combate na vida pessoal e no exercício do mandato parlamentar. O que fica claro, portanto, é uma ânsia por, simplesmente, colar na testa do parlamentar a palavra “réu”, ainda que o motivo seja o mais esdrúxulo e desamparado de realismo possível.

Mas há uma segunda observação necessária. É que Bolsonaro é um ponto fora da curva no espectro político brasileiro e, como tal, precisa ser liquidado para que o establishment se mantenha. É o primeiro político que, sem grandes fortunas, sem grandes apoios e sem grandes partidos, mas apenas consigo mesmo, com a própria palavra e a própria postura, tem arregimentado uma legião de apoiadores que se sentem por ele representados.

O fenômeno Jair Bolsonaro é algo que a mídia brasileira e o establishment ainda não compreenderam: pela primeira vez o povo sente um político falar por eles. O STF, que também não está compreendendo isso direito, resolveu mexer nesse vespeiro.

Numa situação dessas, a ação do estamento burocrático sempre será a de absorver o elemento dissonante e fazê-lo parte de si, engrenagem do esquema. Como, ao que parece, isto não foi possível com Bolsonaro, o passo seguinte será o de aniquilar o elemento dissonante e, então, suprimir a voz popular que ecoa pela fresta que ele abriu nos muros do estamento burocrático.

Raymundo Faoro afirma:

Realidade diferente, que com o escol dirigente não se confunde, é o estamento burocrático. Não é este uma camada móvel, que se renova e morre, com as variações sociais. Possui estrutura própria que, embora condicionada pelas forças sociais e econômicas, eleva-se acima da nação, a qual, pobre de recursos, não logra dominá-lo e aniquilá-lo. O ideal das classes que integram a nação é absorver o estamento burocrático, apropriando-o, nacionalizando-o, para diluí-lo na elite. Aquele é uma estratificação aristocrática, com privilégios e posição definida pelo Estado, acima da nação. […]

O estamento burocrático é árbitro da nação, das suas classes, regulando materialmente a economia, funcionando como proprietário da soberania. As demais estratificações sociais, classes ou estamentos, são por ele condicionadas, carecendo de valor simbólico próprio. Aquelas não logram organizar-se impulsionadas pela necessidade telúrica, existem como “simples imitação e prática administrativas”. Um sopro as deslocará, transformando-as em pó, sem que resistam a seu império. (Os Donos do Poder, Rio de Janeiro: Globo, 1956; pp. 261-262).

Fazer de Jair Bolsonaro réu por um crime que ele próprio combate é o sopro que visa transformá-lo em pó mas, também, aniquilar a única possibilidade política, em muitos anos, que se colocou fora do establishment e ao lado do povo – é uma luta pela manutenção da soberania no estamento burocrático, travada agora mesmo, neste instante. O povo não pode ter a soberania em suas mãos, sob pena de o estamento não sobreviver.

Acredito que o Supremo se colocou agora, como nunca antes, em posição frontal contra o povo. A população percebe com clareza a relutância e o zelo do STF por personagens como Lula e Dilma ou por Jandira Feghali, que teve sua imunidade parlamentar garantida, enquanto que, para Bolsonaro, a Corte dispensa um tratamento diferenciado, sob medida, fazendo-lhe réu por uma decisão juridicamente absurda e sem amparo na realidade fática do próprio mandato do parlamentar.

Nisto concluímos: uma vez ciente de que o recebimento da denúncia contra Jair Bolsonaro não tem motivos jurídicos, mas políticos, e de que sua transformação em réu é um movimento de preservação do estamento burocrático contra uma candidatura que se anuncia sob notas realmente populares, o povo deverá exercer o movimento adverso contra o estamento burocrático, isto é, instaurar na realidade dos fatos aquilo que o juridicismo quer negar no mundo dos papéis autuados de Brasília: que Jair Bolsonaro tem apoio popular e que o povo soberano não aceitará que o eco, ainda tímido, de sua voz seja silenciado por um lance de cimento sobre a rachadura aberta no muro do establishment.

Somente a reverberação da realidade de uma forma acachapante, inolvidável e demolidora será capaz de criar o clima que desmonte o mundo paralelo criado por este processo, que derrube o seu castelo de areia e, então, permita uma vitória também nas vias judiciais – caso contrário, sem a pressão da realidade e do povo, o processo seguirá seu curso normal rumo à aniquilação do elemento dissonante, como é o seu único objetivo.

O Deputado Jair Bolsonaro também precisa estar ciente de tudo isso, caso contrário, não responderá da maneira que a situação exige e que o povo precisa, correndo o risco de ser, como todos os outros, absorvido pelo próprio estamento burocrático no momento mesmo em que é por ele aniquilado – e, então, perderá toda a legitimidade que um dia conquistara. É uma via de mão dupla entre o povo e a persona política que o representa.

Esta não é uma luta por um nome, mas contra o estamento burocrático que se apropria do poder e não permite o seu exercício pelo povo. Na situação concreta, contudo, a pessoa tornou-se um símbolo desta luta – e todos precisamos estar bem cônscios disto, especialmente o parlamentar motivo deste texto.”

Minhas considerações

Bem sabemos que todas as pessoas têm o espírito, além da alma e corpo. E o espírito maligno influencia a pessoa que não obedece a Palavra de Deus a fazer sua vontade. E o espírito maligno é anticristo e age, aqui nos últimos dias, conforme diz a Bíblias, “contra tudo o que se chama Deus”, inclusive influenciando pessoas com autoridade, como magistrados e governantes.

A doutrina socialista é anticristã e o Jair Bolsonaro é cristão, o que nos remete a uma leitura espiritual, pois os próprios juristas não compreendem as decisões do STF discordantes em 24 horas.

E criminalizando um inocente, que defende o oposto do crime lhe foi imputado! E vindo do poder que deveria zelar pela Constituição!

O espírito anticristo fará de tudo para implantação do reinado da besta. Os pilares deste governo já estão montados no ambiente jurídico, principalmente na ONU, através dos Direitos Humanos. E foi uma representante dos tais Direitos Humanos que entrou com este pedido contra Bolsonaro, obviamente, influenciada por este espírito!

O entendimento jurídico do Direito, incluindo o STF, está sendo deturpado, haja visto a OAB, que está com miopia jurídica.

Quando Jesus Cristo foi batizado nas águas do Rio Jordão, após o jejum de quarenta dias e noites, foi tentado pelo diabo, e isto se tornou uma regra geral no Novo Testamento. Isto é, quando uma pessoa é batizada sofre tentação dias depois. E Jair Bolsonaro foi batizado nas águas há pouco tempo, o que profeticamente atrairia o espírito maligno para lhe tentar.

Mas ele é um homem chamado por Deus pra lutar contra a implantação do socialismo no Brasil, isto é, contra o espírito anticristo e o reinado da besta.

Por isto esta perseguição contra ele não é apenas porque não se corrompeu com os corruptos, mas porque é homem de Deus! Luz no meio das trevas.

Penso que os irmãos cristãos devem reagir urgentemente!

Não é somente oração e jejum, mas mobilização das igrejas cristãs junto aos deputados federais e senadores, para que o STF volte atrás na sua “insanidade jurídica”, mas para elaborar projeto de lei constitucional que limite ou divida o poder da Suprema Corte, como bem disse o texto acima.

O STF se corrompeu com o socialismo e com o espírito anticristo da ONU e não é mais confiável. Gerou uma insegurança jurídica este descalabro contra Jair Messias Bolsonaro.

Convoco os líderes cristãos para se unir em torno deste propósito, pois se o PT fez isto com Bolsonaro e Eduardo Cunha, vai fazer o restante do seu projeto proposto no seu caderno de teses (citado no post anterior)!

No caderno, o PT propõe fechar as emissoras de TV cristãs, o que configura a perseguição religiosa eminente. E com o STF contaminado com o espírito anticristo, certamente não teremos a quem recorrer!

Vigilância é o único remédio. Vamos reagir, urgentemente!

Read Full Post »

image

Bob Fernandes cuspiu nos cristãos brasileiros!

Há algum tempo venho acompanhando os comentários anticristãos de Bob Fernandes, do Jornal da Gazeta, mas ontem extrapolou! Chamou os deputados federais cristãos neopentecostais de talibãs!

Ora, Talibãs são terroristas, homens-bomba que matam sem hesitação, como no caso do World Trade Center, em 11 de setembro de 2001,  que sequestraram aviões com centenas de passageiros para colidir com as torres gêmeas.

Os cristãos da bancada neopentecostal foram eleitos pelos brasileiros cristãos e não são terroristas, homicidas, homens-bomba ou sequestradores!

Bob Fernandes é defensor do socialismo petista e não quer saber dos crimes de responsabilidade da Dilma, ou de pedaladas fiscais, muito menos se foram apenas R$ 1, 5 bilhões gastos nos programas sociais, e o restante dos R$ 52 bilhões destinados aos grandes empresários, conforme o Banco Central. Números que mostram a farsa do socialismo brasileiro petralha que diz governar para os pobres!

Este comentarista em 18 de abril, dia seguinte à histórica votação do impeachment, disse que o deputado Jean Wyllys PSOL – RJ cuspiu no deputado Jair Messias Bolsonaro PSC – RJ porque foi agredido verbalmente, e que se fosse ele teria vomitado!

E o deputado federal Eduardo Bolsonaro mostrou em vídeo que o crime de Jean Wyllys foi premeditado, quando confidenciou a outros deputados que iria cuspir no Jair Bolsonaro, que não havia agredido verbalmente a ninguém, conforme o comentarista anticristãos assegurou. E Bob Fernandes até hoje nunca se retratou do seu comentário e da sua intenção de vomitar em Bolsonaro, o que demonstra que defendeu a cusparada.

Se fosse o contrário, hipoteticamente, um jornalista cristão tivesse defendido uma cuspida de um deputado cristão em outro socialista, todos os esquerdistas estariam nas tribunas ou na frente da emissora da Avenida Paulista, exigindo a saída do comentarista!

E isto aconteceu quando, no episódio do menor que foi amarrado ao poste pela população, após recorrentes  assaltos, a jornalista cristã conservadora do SBT, Rachel Sheherazade, teceu comentário de que quando a polícia não faz a parte dela a população se acha no direito de agir.

Foi o estopim para que os esquerdopatas quisessem a demissão da moça e o seu diploma cassado! A comunista deputada Jandira Fegali tomou as dores do delinquente, aliás, jamais defendem as vítimas, e efusivamente queria a punição exemplar da jornalista! Partidos socialistas fizeram pressão para que o dono da emissora a demitisse, sob pena até de perder a concessão!

No caso dos cristãos brasileiros, nunca fizemos isto! Os socialistas anticristãos vieram aqui, num país pacífico, brioso, hospitaleiro e de maioria cristã, e nos roubaram as riquezas, mentiram aos nossos filhos e mataram os nossos idosos nos hospitais, sem remédios ou atendimento, e nós ficamos quietos!

Somente agora, após quatorze anos de destruição é que estamos despertando desta letargia maligna do socialismo anticristo! E estamos vendo o desespero dos esquerdistas com o nosso despertar!

Este comentarista está atirando sua cusparada verborrágica a todos os cristãos brasileiros, tendo como vítimas preferidas os deputados federais Pastor Marco Feliciano e Jair Bolsonaro!

Trata-se de perseguição religiosa velada na TV Gazeta por parte deste comentarista, que reiteradamente tece discurso anticristão.

Se fôssemos talibãs, hoje mesmo a TV Gazeta teria sido bombardeada, oxalá seja, caso os terroristas islâmicos achem que ser comparados aos cristãos brasileiros é uma afronta!

E fiquei imaginando se o jornalista fundador desta emissora, Cásper Líbero, está se revirando no túmulo para demitir este infame!

Eu não sou neopentecostal, mas sou igualmente cristão, e se não defender hoje os irmãos, certamente serei o próximo perseguido amanhã!

Portanto, eu peço aos deputados federais cristãos que subam à tribuna e declarem que não são talibãs e que exijam a punição exemplar deste comentarista anticristão, a fim de mostrar aos eleitores cristãos e também aos indesejáveis socialistas que este país não vai mais tolerar os desmandos do socialismo!

A Câmara Federal foi destaque na imprensa Internacional por pedir impeachment em nome de Deus, e louvo ao Senhor por isto! Contudo, agora precisamos limpar a sujeira socialistas que ficou, principalmente na imprensa esquerdopata, a começar pelo perseguidor dos cristãos!

#BobFernandesCuspiuNosCristaos
#PerseguicaoReligiosaNaGazeta 
#BobFernandesPersegueCristaos
#ForaBobFernandes
#NaoSomosTalibas

Veja aqui o comentário deste anticristão.

Read Full Post »

qual educação daria aos seu filho

Além de haver mentido aos cristãos em 2010, dizendo que não aprovaria o casamento gay, havendo depois aprovado através do CNJ, ou o aborto, através de Portaria e tendo retirado para revisão (entenda-se após as eleições será aprovado), Dilma Rousseff aprovou a Lei da Palmada, que é arbitrária contra um país que é de maioria cristã e tem conceitos sobre a formação de seus filhos de modo enraizado na Bíblia.

Ora, o PT não é a favor da Palavra de Deus! Nunca foi, mesmo tendo crescido dentro da Igreja Católica, nas pastorais, usado o movimento cristão como fosse muleta para se promover! E depois esta muleta é plenamente descartável!

Os cristãos católicos foram usados pelos comunistas e socialista para que não fossem presos. As reuniões se davam nos porões das igrejas, onde podiam planejar seus golpes contra a democracia se utilizando da democracia, ou seja, através do voto, o PT conseguiu aprovar seus projetos satânicos contra o próprio povo cristãos que o escondeu e o elegeu!

A besta que saiu da terra

Dentro de uma analogia, o PT me lembra a besta que saiu da terra, por fora é ovelha, mas fala como dragão, que é Satanás (Apocalipse 13:11). A ovelha representa o povo de Deus, que foi enganado por esta besta (verso 14).

E o PT é assim mesmo. Durante as eleições procura os cristãos pra o eleger e depois aprova todas as leis contra o Cristianismo! O PLC 122 foi uma luta para sepultar, e mesmo assim, ainda o PT quer ressuscitá-lo no Novo Código Penal, que deliberadamente o deixou para após as eleições, porque sabe que este teor é contra os cristãos! E o PLC 122 era contra os Pastores e Padres que pregam a verdadeira Palavra de Deus! O PT é anticristo, é contra tudo é cristão, mesmo havendo saído do meio cristão!

Muito Padres e Pastores têm se proposto a lutar contra o PT, mas não têm sido ouvidos pela grande maioria dos cristãos!

A imagem da besta tem sido este modelo de Estado criado contra os preceitos cristãos e bíblicos, e haverá perseguição religiosa a todos quantos não aderirem a este modelo maldito que o PT criou! Veja que a besta ordenou que “fossem mortos todos os que não adorassem a imagem da besta” (Apocalipse 13:15)!

O cadastramento do Bolsa Família

o Bolsa Família tem sido sinal da besta

Não obstante os Programas de transferência de renda tiveram seu início no governo de FHC, o PT aprimorou para que fosse compra de voto e sua manutenção no poder através de um terrorismo aos eleitores, dizendo que se não votar no partido perderá o benefício.

O cadastramento do Bolsa Família tem servido de sinal da besta por este governo, tipologicamente. E todos os demais partidos não se atrevem a falar contra, porque temem perder a eleição, haja visto que este programa se transformou como idolatria. E através do Bolsa Família o PT engana, aterroriza as famílias carentes, manipula os adversários, e pior, se eterniza no poder para completar seu objetivo anticristo contra os cristãos. Isto é, “faz com que todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas” (Apocalipse 13:16), ou se dobrem ao Programa como um deus intocável.

O cadastramento do Bolsa Família é do governo e não do PT, que lembra muito bem este verso, que diz: “para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome” (Apocalipse 13:17). O cartão do Programa pode ser este sinal, espiritualmente, de forma que faz com que o povo cristão adore ou eleja esta besta anticristã.

Leis anticristãs

qual madrinha você prefere

Caso Dilma Rousseff seja reeleita, haverá perseguição religiosa no Brasil e poderemos ter guerra civil, pois muitas leis que estão sendo maturadas no Congresso são anticristãs. E se não forem aprovadas pelo Congresso, Dilma fará como fez com o casamento gay, que aprovou através do Poder Judiciário, ou mesmo pelo Executivo, como fez com o aborto.

No caso da Lei da Palmada, foi aprovada pela sua base aliada no Congresso, que era maioria e muitos deputados e senadores foram comprados pelo mensalão para aprovarem tudo o que PT quiser, mesmo sendo leis anticristãs e contra os cristãos, que são maioria e votaram neles.

Xuxa não tem moral alguma para ser madrinha desta lei e o crime do menino Bernardo não tem nada a ver com palmada educativas cristãs para que os filhos não sejam delinquentes no futuro. Xuxa não sabe o que é família e os pais do menino são exceção criminosa, que não representa a nossa cultura.

Esta lei não pode ser arbitrada sobre os pais cristãos! Se deveria haver uma legislação para colaborar com a Educação doméstica e houvesse boas intenções do governo, quem deveria ser a madrinha da lei seria a Cris Poli, do SBT, e o nome seria Lei da Supernanny, que é bem mais educativo e não tira os poderes dos pais, funcionando de maneira bem mais efetiva! Os resultados são demonstrados ótimos na maioria dos casos.

Agora, não se lembrou da Cris Poli, do SBT, mas sim de Xuxa, não só por causa da concorrência entre emissoras, mas também porque a Rede Globo apoia este governo maldito. Ela mostra novelas anticristãs, com casais homossexuais, incentivando o anticristianismo em horário nobre!

Este tipo de programa jamais deveria ser veiculado num país de maioria cristã! Fosse um programa deste num país islâmico, a emissora no dia seguinte estaria fora do ar e seria explodida pelos muçulmanos xiitas! Mas aqui temos sido cordeiros tolerantes demais, por isto o PT tem feito tudo isto conosco!

Conclusão

Infelizmente, muitos Padres e Pastores ainda estão sendo utilizados pelo PT anticristo para fazer com que os cristãos não reajam de maneira veemente nas ruas e continue votando neste partido.

Rogo encarecidamente ao povo de Deus que não tenha medo de perder benefícios que são direitos adquiridos, pois foram criados para sua família, antes do PT o transformar no “sinal da besta” ou num deus para usado para manter o governo anticristo no poder!  O governo do PT não está num andor para ser venerado pelos cristãos católicos ou no altar para ser adorado pelos cristãos evangélicos!

O Bolsa Família é um Programa como tantos outros que virão para beneficiar os brasileiros, sem que seja utilizado como moeda de troca para manter este dragão disfarçado de ovelha no governo dos cristãos, criando leis contra nós mesmos, que somos maioria e o elegemos!

É um absurdo o que está acontecendo no Brasil! Se você quer o melhor para os seus não vote em Dilma Rousseff para mais quatro anos de desgraça contra a família cristã brasileira! Quem enganou os cristãos em 2010 e aprovou o casamento gay e o aborto não pode ser eleito para um país de maioria cristã!

Repasse este texto entre seus irmãos da igreja, parentes, amigos da escola, trabalho e bairro, para que não tenhamos mais leis anticristãs no Brasil! Faça a sua parte. Vamos nos livrar desta maldição sobre nosso país, em nome de Jesus Cristo!

quem defende o aborto

Read Full Post »

O Pastor Silas Malafaia mostra com clareza que Dilma Rousseff, ao defender o Estado Islâmico na ONU, que são grupos terroristas antissemitas e anticristãos, ela cometeu uma afronta contra o Brasil, que é constituído de 90% de cristãos!

Ora, como pode uma presidente dum país cristão, que preferiu ser democrático e por isto instituiu o Estado laico, mesmo sendo de maioria cristã, defender quem matou mais de 200 mil cristãos no ano passado!

Ela citou a islamofobia, mas jamais se referiu à cristofobia do Estado Islâmico, que dizimou católicos e evangélicos na Síria e Nigéria, além de perseguir os judeus, berço do Cristianismo!

Este fato, entre outros, mostra que Dilma Rousseff é cristofóbica e quer dizimar os cristãos do Brasil. E digo mais: todas as leis defendidas pelo PT e partidos socialistas e comunistas são anticristãs! Veja aqui.

Guerrilha no Brasil

A cristofobia já está em andamento no Brasil e se Dilma Rousseff vencer as eleições terremos com certeza perseguição religiosa cristã, com guerrilhas e muito sangue inocente de crianças, mulheres e idosos correndo pelas igrejas do país afora!

Os cristãos não irão se submeter ao Estado socialista anticristo do PT e do Foro de São Paulo, como já está acontecendo na Venezuela e que a TV não mostra!

Não pode um país cristão em sua maioria absoluta aceitar esta situação! Muitos líderes cristãos, padres e pastores, estão entregando o Brasil aos comunistas, pensando que não sofrerão com a perseguição! Estão enganados! Até o Papa está sendo ameaçado de morte pelo Estado Islâmico, que Dilma tem afinidades!

Perseguição religiosa nas leis já está em fase final

O pastor ou padre que estiver pedindo para você votar em Dilma ou nos candidatos do PT está entregando o rebanho do Senhor Jesus Cristo nas mãos do comunismo e do espírito anticristo! Não aceite isto, pois você e sua família poderão ser presos, torturados ou até morrer quando vir a perseguição!

Esta perseguição está se formando através das leis, e quando estiver tudo pronto, então começará a “caça às bruxas”, ou seja, invasão de igrejas, de propriedades, fazendas, estabelecimentos comerciais, indústrias, como já existe hoje!

seis candidatos do foro à presidência

Como impedir este caos

Não votem nestes partidos à presidência da república, governadores, senadores e deputados federais e estaduais, pelo amor de Deus!

Anote estes nomes e não votem nos candidatos que são destes partidos!

Os dois primeiros números do candidato mostra de que partido ele é! Veja os dois primeiros números dele e compare com a tabela abaixo e não vote nestes partidos!

Quando você vota em algum candidato, mesmo que  ele não ganhe, seu voto não é perdido, pois irá para o partido dele e/ou para outro candidato que você não votou ou sequer conhece, conforme a legislação vigente no Brasil!

Portanto, estes partidos são socialistas ou comunistas, ou fazem parte do Foro de São Paulo, que está implantando na América Latina a ditadura socialista e anticristã! É isto mesmo! São do anticristo!

Não vote neles nem se seu candidato disser que é cristão, pois quem manda neles é o Foro de São Paulo e se forem eleitos, o mandato é do partido!

PT (13), PSOL (50), PSTU (16), PCB (21), PCO (29), além do PC do B (65), PSB (40), PPS (23), PPL (54), PDT (12) e PROS (90).

Em quem votar?

O candidato ideal para o Brasil seria o Deputado Jair Bolsonaro, que não pode concorrer. O Levy Fidelix seria um bom nome, contudo, em face dos atuais acontecimentos e as manobras do PT para permanecer no poder, votar nele é o mesmo que entregar o poder ao PT, porque dividiria ainda mais os votos!

Seria como se tivéssemos uma única bala e atirássemos sem chance de acertar. Devemos nos unir em um único alvo que tem chance de ganhar e tirar o anticristo do governo! Não podemos correr o risco de entregar nossos filhos ao futuro de homossexualismo, ateísmo, comunismo, prisões e mortes com mais um mandato do PT!

Este candidato é o Aécio Neves. Obviamente, que tenho restrições contra ele, mas é o único que pode vencer Dilma Rousseff e limpar esta podridão que está em andamento no Brasil e na América Latina!

Devemos concentrar todas as forças para eleger Aécio Neves, pois se dividirmos os votos agora, no primeiro turno, Marina Silva poderá ir para o segundo turno com Dilma! E será a nossa destruição, porque as duas são socialistas e comunistas, além de seus partidos serem do Foro de São Paulo!

Então, mesmo apoiando Levy Fidelix, não poderemos votar nele ou no Pastor Everaldo para presidente agora, no primeiro turno, para não corrermos o risco de pulverizar os votos e dar a vitória à Dilma e à Marina.

Repito: vote em Aécio Neves no próximo domingo. Vote em candidatos a governadores, senadores, deputado estadual e federal dos partidos PSDB (que começam com o número 45).

Vote também em candidatos do Levy Fidelix (28), pois eles ajudarão a fazer e aprovar leis contra o Decreto bolivariano 8.243, o kit gay, casamento homossexual, PNDH 3, MST, MTST, tráfico de drogas, estatuto do desarmamento, além de reforçar as Forças Armadas, Polícia Federal, Polícia Militar, guarnecer as fronteiras, etc.

Os senadores e deputados federais destes partidos acima farão leis para a retomada do crescimento econômico do Brasil, que está submerso em um caos, com a volta da inflação, sem PIB e com juros altíssimos, mesmo pagando a população impostos escorchantes!

E os comunistas do PT roubando o dinheiro público e repassando a Cuba, deixando a Saúde Pública falida. Idosos, mulheres e crianças morrendo nos corredores dos hospitais!

A Educação é das piores do mundo segundo divulgação de ontem. Entre 80 Universidades dos países, o Brasil é 78º lugar do ranking, pasmem! Quando PT entrou no governo, éramos 32º lugar!

PT acabou com a Petrobras que era a melhor empresa do mundo e hoje está em 120º lugar! E as suas ações na Bolsa continuam caindo à medida que as pesquisas divulgam que Dilma está na frente!

Esta é a administração do PT da Dilma Rousseff, que faliu o Brasil, roubando nossas riquezas e está falindo o Cristianismo, a moral, a fé, os bons costumes e o que resta de dignidade ao nosso povo!

Não acredite em pesquisas! Vote em Aécio Neves e em todos candidatos dos partidos PSDB e PRTB.

monumento do Ipiranga

Read Full Post »

Esta geração criada à luz do marxismo cultural nas escolas aparelhadas pelos professores comunistas e por doze anos de PT podre no governo não entende que não era assim antes.

E o Levy causou estranheza nas redes sociais, principalmente entre os petistas ou os jovens incautos.

Ora, esta geração que não quis saber dos nossos costumes cristãos de antes foi mais desrespeitosa, ditadora e intolerante, querendo implantar uma sociedade sodomita de qualquer jeito no Brasil!

O Levy disse apenas o que todos os homens e mulheres de bem pensam sobre o homossexualismo! O que aprendemos com a Bíblia e com nossos antepassados!

Não pode esta geração gayzista e socialista querer condená-lo porque ele disse o que sempre defendeu desde sempre! O que ele ensinou aos seus filhos e netos!

Do outro lado, esta geração quer implantar uma ditadura gay em nosso país cristão, através do PT de Lula e Dilma, e sequer respeita os nossos valores antigos! Antes critica e condena!

Inventam dados mentirosos sobre o Brasil ser o que mais mata homossexuais no mundo, quando esta farsa não tem sustentação! É uma mentira! Fosse assim os países como Irã estariam entre os primeiros do ranking!

O Brasil cristão sempre foi tolerante com todas as raças, línguas e credos religiosos!

Redes sociais

O PT apoia os ditadores que mataram homossexuais em todo o mundo, como o Mahmoud Ahmadinejad, Che Guevara e Fidel Castro, e não há nenhuma condenação aos petistas por isto! Muito pelo contrário, há o apoio dos movimentos LGBTs ao PT!

Eu vi até postagens querendo a prisão de Levy Fidelix porque disse o que a geração dele sempre pensou! A OAB gayzista pediu até cassação do registro da candidatura dele por suas declarações, dizendo que foram homofóbicas! Absurdo!

Perseguição religiosa!

Os gayzistas e petistas apoiam os países que matam os homossexuais e querem prender quem expôs apenas sua opinião!

Imagine o que irá acontecer se o PT ganhar novamente as eleições! Imagine a perseguição religiosa que haverá!

Por isto, os cristãos não devem votar no PT anticristão que promoveu a maior luta entre os próprios brasileiros!

Os jovens devem repensar suas atitudes e voltar aos antigos valores cristãos, pois estes valores os levarão aos céus! Não era assim há poucos anos atrás! O homossexualismo é prática abominável perante Deus, não apenas irracional, como querem os sodomitas nos incutir culturalmente, querendo que aceitemos sem falar absolutamente nada!

Esta geração deve pensar que o cristão não mata um gay quando sai do culto! O pastor não manda ninguém matar gays! Não é homofóbica a Bíblia! Os nossos pais sempre quiseram o bem dos filhos e nenhum pai ou mãe querem seu filho ou filha homossexual! E isto não é homofobia, é cultura! A fé em Deus e nas Escrituras não é homofobia!

Os professores comunistas incutiram estas mentiras, dizendo que todos os que externam sua posição contra o homossexualismo são homofóbicos! E não são!

Levy Fidelix foi condenado nas redes sociais por gayzistas e marxistas, mas foi absolvido por Deus! Ele foi luz no meio das trevas do pecado e da imoralidade, e tem todo o meu respeito por isto!

Concordo plenamente com o que Levy Fidelix pensa.

Cristão que vota no PT (ou em seus candidatos que começam com o número 13 em sua legenda) e nos partidos anticristãos! Cristão que vota em socialista e comunista não é cristão!

Read Full Post »

A Dra. Damares Alves faz denúncias gravíssimas que só podem se cumprir caso o PT ganhe as eleições neste país, tanto para presidente, senador e desputados federais e estaduais!

O Pastor Silas Malafaia disse neste outro vídeo que fez parte do governo do PT e viu que os deputadois federais do PT são contra a família em todos os seus projetos de lei, inclusive nas audiências públicas.

O PT é que apoia o movimento LGBT, usando o dinheiro público dos nossos impostos para fazer desde passeatas gays até viagens nacionais e internacionais, cargos públicos e materiais com publicação homossexual!

A dedução é simples: não eleja ninguém que comece com o número 13, pois são do PT. Vamos limpar esta nação, desta imúndície.

Você viu o vídeo acioma que até os pais serão proibidos de terem uma Bíblia em casa, caso o governo do PT seja reeleito e prossiga com esta sanha maligna do homossexualismo na nossa nação cristã!

Divulgue urgente este post entre seus amigos, parentes, vizinhos, irmãos de igreja, escola e de trabalho.

Em nome de Jesus Cristo, vamos exorcizar este demônio do PT do Brasil! Aqui não é Sodoma e Gomorra! Sai Jezabel do Brasil!

Read Full Post »

Após assistir o vídeo intitulado “O passado oculto de Dilma Rousseff”, leia este trecho escrito por Jair Messias Bolsonaro e depois eu comentarei:

Por Jair Bolsonaro

“ESSA É A HISTÓRIA QUE, INFELIZMENTE, NÃO SE APRENDE NAS ESCOLAS MAS ESTÃO NOS “PORÕES” DAS BIBLIOTECAS DO CONGRESSO NACIONAL:

No pronunciamento de ontem, revelamos o passado oculto e manchado de sangue da atual Presidente da República e divulgamos as verdadeiras especialidades de alguns de seus principais pseudo-ministros e aliados”

Eu comento

Estas verdades não são divulgadas nos livros de escola distribuídos pelo MEC Ministério da Educação e Cultura. Os livros são ideologizados, como o Deputado denuncia de forma clara e explícita! É uma vergonha os livros pagos com nosso dinheiro destinados aos nossos filhos, como eu mesmo denunciei neste post anterior.

Este governo maldito do PT e dos partidos socialistas e comunistas não podem continuar no Brasil! Vamos sair às ruas neste dia 7 de Setembro e pedir às Forças Armadas que retomem o governo em nosso nome!

Prestigie o que o Exército Brasileiro fez ao nosso país em 1964, quando não permitiu esta quadrilha organizada tomar o poder naqueles anos! Estes partidos jamais foram democráticos, são ditadores e querem se perpetuar no poder!

 Não assine nenhum papel pedindo Plebiscito Constituinte! É mais um golpe do PT para se manter no poder desgraçando o nosso país!

Fora Dilma Rousseff! Fora Comunistas do Brasil! Queremos intervenção militar já!

 desfile do 7 de setembro de 2014

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: